8 Plantas para inibir apetite comprovados pela ciência

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

As plantas medicinais seriam alternativas seguras e naturais para reduzir o apetite, e claro, emagrecer. Elas não precisam de receita médica e não têm os efeitos colaterais graves de medicamentos encontrados no mercado.

Inibidores de apetites são suplementos do tipo naturais que agem diminuindo o apetite, sendo assim, reduzindo o consumo em excesso dos alimentos e contribuindo na perda de peso.

Esses suplementos por serem considerados seguros, encontram facilmente em lojas de suplementos e produtos naturais. Embora não precise de receita, o mais indicado é ser prescrito por um médico ou nutricionista.

Selecionamos 8 suplementos com origem de plantas medicinais inibidores de apetite comprovados cientificamente.

Sinefrina

Sinegrina, citrus aurantium, uma sustância encontrada na casca de laranja amarga. Ela age no sistema nervoso, estimulando o gasto calórico e o aumento de energia.

Podemos encontrar a sinefrina em suplementos termogênicos para perda de peso. Auxilia na queima de caloria em repouso, diminui o apetite e comprada cientificamente.

Embora seja combinada com a cafeína, a Sinergia contribui para perda de peso, auxilia na queima de caloria em repouso, diminui o apetite e estimula a queima de gordura.

Foram feitos estudos clínicos (1) com humanos que utilizaram a laranja amarga combinada com outros ingredientes, como cafeína, chá verde, ginkgo biloba, ginseng, guaraná e erva-mate.

A combinação dos ingredientes dificulta uma análise comprobatório. Embora o suplemento contenha maior quantidade da laranja amarga na maioria dos estudos clínicos.

Em vários estudos clínicos, todos os grupos tiveram uma perda de peso considerável após a ingestão da laranja amarga.

Goma de guar

Goma de guar é uma goma extraída da semente do Cyamopsis tetragonoloba, também conhecido como feijão indiano.

É um tipo de fibra natural que reduz o apetite e dá uma sensação de sacies. Isso ajuda o paciente a diminuir a ingestão de alimentos e emagrecer.

Um artigo científico (2) escrito por médicos japoneses, mostrou que as fibras do feijão indiano são eficazes no controle do apetite. A ingestão da goma de guar diariamente diminuiu em cerca de 20% o consumo de alimentos.

Apesar da sensação de saciedade, por reter água no organismo, ela pode causar inchaço ou desconforto abdominal se consumir alta quantidade de alimentos.

Cúrcuma

Também conhecido como extrato de açafrão, além de conter várias vitaminas e minerais, contribuir para saúde do cérebro e combater artrite, o seu extrato demonstrou uma redução significativa na perda de peso.

O extrato de açafrão aumenta o bom humor e na sensação de saciedade ao consumir os alimentos. Isso foi demonstrado em um estudo clínico (3) feito com mulheres obesas.

As mulheres consumiram o suplemento com extrato de açafrão duas vezes por dia. No final do estudo, houve uma redução significativa na perda de peso após 8 semanas.

A frequência de alimentos também diminuiram significativamente. Isso contribui no aumento de peso corporal.

Goma arábica

Goma arábica é a fibra da acácia utilizada para suprimir o apetite e promover a saciedade.

A fibra da acácia inibe a absorção de açúcar no intestino ajudando controlar o peso. Como ela atrasa a digestão, o paciente tem a sensação de estar satisfeito por mais tempo.

Um estudo (4) foi realizado com dois grupos de mulheres. Foram medidos o peso e a altura das pacientes e calculado o IMC (índice de massa corporal).

O grupo que fez ingestão regular de goma arábica (30 gramas por dia) teve uma diminuição no percentual de gordura corporal médio de 2,18%. Houve uma redução significativa no IMC. Os resultados foram observados após 6 semanas.

Café verde

O extrato do grão de café verde já é um velho conhecido para auxiliar na perda de peso. Ele pode ser encontrado na forma de chá verde ou cápsulas.

Ele contém uma alta quantidade de ácido clorogênico, muito indicado para pessoas com diabete tipo II, porque diminui os níveis de açúcar no sangue.

Controla o colesterol, aumentando o colesterol bom (HDL) e diminuindo o colesterol ruim (LDL). Contribui no emagrecimento, porque aumenta o metabolismo e diminui a absorção de gordura.

Um estudo (5) realizado no Irã buscou analisar os efeitos do extrato de café verde. Foram consumidos 400 mg de café verde duas vezes ao dia durante 8 semanas. Para efeitos de comparação, outro grupo tomaram cápsulas de placebo. Ambos tiveram a mesma dieta equilibrada.

Quem fez a suplementação com extrato de café verde, reduziu significativamente a glicemia no sangue, tiveram uma perda na circunferência da cintura e tiveram uma redução no peso e IMC. Inclusive a perda de peso e IMC foi o dobro comparada ao grupo placebo.

Além de todos esses benefícios, ele também reduziu o apetite.

Hoodia Gordonii

Na Africa do Sul, caçadores utilizam essa planta para diminuir o apetite e ficar por longo período sem se alimentar enquanto caçam. Diminuindo o apetite, ela contribui na perda de peso.

Embora tenha efeito comprovado por cientistas (6) na diminuição do apetite. Isso não garante na perda de peso ou queima de calorias.

Glucomanano

Glucomanan, ou glucomanano, também conhecido por Konjak Mannan, um suplemento obtido do extrato da raiz da planta Amorphophallus Konjac, nativa da Ásia.

Ele é usado no tratamento para perda de peso, graças ao seu poder de aumentar a sacies, reduzir o apetite, diminuir a absorção de gordura e proteína. Acredita-se que a fibra dessa raiz é capaz de absorver até 50 vezes mais água, podendo trazer uma sensação de inchaço e desconforto no estômago.

Estudos (7) realizados na Escola de Medicina da Universidade de Connecticut, mostrou uma redução no peso, colesterol ruim, triglicerídeos e gordura corporal.

Garcina Cambogia

A Garcina Cambogia é um inibidor natural de apetite obtido da casca da fruta garcinia gummi-gutta. É uma alternativa para os medicamentos sem efeitos colaterais para o organismo.

Além de diminuir a fome, estudos (8) mostraram uma redução no peso corporal após 12 semanas.

Ela funciona por meio do ácido hidroxicítrico presente na casca da gruta. O ácido inibi a enzima ATP citrato-liase, bloqueando a produção de gordura. Ele também diminui a conversão de açúcar em gordura e reduz o apetite.

Outras alternativas

A cavalinha, assim como o gengibre e dente de leão, não atua na inibição do apetite, mas pode ser uma excelente alternativa natural para emagrecer. Não entraremos mais detalhes, mas se quer saber os benefícios da Cavalinha e de outras plantas medicinais, basta acessar os respectivos artigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *