Benefícios do óleo de linhaça para saúde, cabelos e pele

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

Emagrecer é uma alternativa válida desde que seja feita consciência, responsabilidade e, obviamente, com acompanhamento médico e nutricional adequados.

Nesses casos, normalmente, a prática de exercícios deve estar alinhada à alimentação saudável.

Dessa maneira, a presença de determinadas sementes, como a linhaça, é um incremento e tanto para deixar as refeições ainda mais balanceadas.

Isso porque esses grãos são ricos em fibras e proporcionam muitos benefícios à nossa saúde, sendo a sensação de saciedade uma delas.

No entanto, para além disso, os proveitos dessas sementes também podem ser sentidos mediante o óleo desses ingredientes.

Sabendo disso, hoje, vamos abordar mais sobre o óleo de linhaça e seus feitos no organismo humano. Quer saber mais?

Óleo de cártamo e seus benefícios para a saúde

Linhaça: o que é?

A linhaça, ilustrada abaixo, cujo nome cientifico é Linus usitatissimum L, é a semente do linho.

Esta, por sua vez, é uma planta pertencente à família das Lináceas e composta ricamente por fibras, proteínas, minerais e ômega-3.

Sendo assim, é um tipo de grão incrível para nossa saúde.

Não é à toa, aliás, que a linhaça pode – e deve! – ser consumida por quem deseja manter uma dieta balanceada.

Isso porque a principal propriedade desse tipo de semente é ser antioxidante.

Mas, para além do grão, os benefícios dessa semente também podem ser aproveitados por meio da linhaça moída, água fria ou infusões bem como por óleos.

Para que serve óleo de linhaça?

O óleo de linhaça é extraído da linhaça, como próprio nome sugere, em um processo de prensagem a frio.

Assim, o efeito antioxidante, os ácidos graxos, as vitaminas (dos complexos A, B, D e E) bem como os minerais (cálcio, enxofre, fosforo, magnésio e potássio) são preservados.

Dessa maneira, os feitos da linhaça continuam intactos mesmo após o esmagamento dos grãos.

Logo, os benefícios do óleo de linhaça correspondem, principalmente, a:

  • Precaução e controle de determinados tipos de câncer (mama e pulmão)
  • Alivio dos sintomas da menopausa e do período da TPM (Tensão Pré-Menstrual)
  • Efeitos positivos em casos de osteoporose, dores articulares e lúpus
  • Melhora do intestino
  • Prevenção contra doenças cardiovasculares
  • Fortalecimento do sistema imunológico e das unhas, dentes e ossos
  • Retarda o envelhecimento celular
  • Regulação de hormônios femininos

Mas, para além desses benefícios do óleo de linhaça, essa substância também apresenta outros feitos.

Diante da alta procura pelas respostas desses questionamentos, focaremos e explicaremos os outros proveitos do óleo de linhaça.

Óleo de linhaça para pele: funciona?

O óleo de linhaça para pele não só funciona como é um aliado para essa região do corpo.

Isso porque essa substância é composta por minerais, vitaminas e ácidos graxos que proporcionam o retardamento do envelhecimento da pele e efeitos anti-inflamatórios.

Dessa maneira, o óleo de linhaça para a pele contribui para prevenir e melhora determinadas inflamações como as acnes.

Além disso, essa substância contribui na cicatrização de ferimentos e na hidratação da pele.

Óleo de linhaça para o cabelo: é uma boa?

Assim como na pele, o óleo de linhaça para o cabelo é uma ótima alternativa para cuidar dos fios.

Isso acontece porque essa substância apresenta propriedades emolientes e, devido à isso, proporciona:

  • Hidratação capilar
  • Nutrição dos fios de cabelo
  • Controle da oleosidade
  • Diminuição do frizz
  • Evita a quebra dos fios
  • Deixa o cabelo mais macio, brilhoso e forte

Diante disso, não é à toa que, atualmente, há vários produtos disponíveis com o óleo de linhaça na composição.

Óleo de linhaça para os olhos: é verdade?

Há alguns estudos, como o Uso oral do óleo de linhaça (Linum usitatissimum) no tratamento do olho seco de pacientes portadores da síndrome de Sjorgen”, que confirmam os benefícios do óleo de linha para os olhos.

Segundo os pesquisadores, o óleo de linhaça em cápsula reduz a inflamação da superfície ocular e melhora os sintomas de olho seco em pacientes dessa doença autoimune.

É verdade que óleo de linhaça emagrece?

Esse questionamento é um dos mais comuns quando o assunto é óleo de linhaça e, para a felicidade de muitos, essa substância é um aliado no processo de emagrecimento.

Isso acontece porque o óleo de linhaça é rico em ômega-3 e, por isso, capaz de combater processos inflamatórios.

Assim, ajuda na questão do acúmulo de gordura.

Mas, para além disso, essa substância também contribui no controle da glicemia e dos níveis de colesterol.

Sendo assim, o óleo de linhaça diminui o colesterol ruim, conhecido pela sigla LDL, e aumenta o colesterol bom, o HDL, bem como mantém os níveis de açúcar do organismo.

Esse último feito é fundamental para pacientes com debates.

O óleo de linhaça, por fim, também apresenta efeito de saciedade.

Dessa maneira, esse tipo de grão contribui para que ingerimos menos alimentos já que logo nos sentimentos “satisfeitos”.

Como fazer óleo de linhaça?

O óleo de linhaça é uma substância fácil de ser encontrada em versão líquida e em cápsula.

No entanto, há algumas pessoas que preferem preparar o próprio óleo de linhaça em casa. Dessa maneira, você vai precisar de:

  • 1 litro de azeite de oliva extra virgem
  • 100 gramas de sementes de linhaça frescas, selecionadas e inteiras
  • 1 colher (sopa) de alecrim seco ou 2 gotas de óleo essencial de alecrim
  • 1 colher (sopa) de orégano seco ou 2 gotas de óleo essencial de orégano

Tendo tais ingredientes, siga o passo a passo:

  • Coloque as sementes de linhaça em um liquidificador e triture-as levemente
  • As sementes trituradas devem ser postas em um recipiente esterilizado de vidro escuro
  • Tampe bem e reserve um local fresco e com sombra
  • Após 30 dias, coe o produto que se formou no frasco com um pano de algodão limpo e seco
  • Transfira o óleo para um recipiente de vidro escuro e tampado

Apesar do processo de como fazer óleo de linhaça não seja difícil, é um pouco trabalhoso.

Então, antes de tudo, indicamos a ida à um nutricionista para facilitar e, até mesmo, se prevenir em relação à dosagem bem como os possíveis efeitos colaterais em caso de excesso.

CLIQUE AQUI PARA ADQUIRIR ÓLEO DE LINHAÇA!

Já usou óleo de linhaça?

Se sim, quais benefícios você notou?

Fontes: [1] [2] [3] [4]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.