Óleo de cártamo e seus benefícios para a saúde

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

Conheça esse produto natural e saiba como usar!

Os óleos são produtos naturais bem-vindos na rotina de todos que gostam de procurar na natureza por soluções.

Por isso, conhecer todas as opções e seus usos é essencial. Você já ouviu falar no óleo de cártamo?

Nesse artigo vamos contar tudo sobre esse produto natural, seus benefícios, contraindicações e modo de uso.

Leia até o final para conhecer as informações.

O que é óleo de cártamo?

O óleo de cártamo é um produto natural extraído das sementes de uma planta chamada Carthamus tinctorius. A planta tem o nome popular de açafrão-bastardo.

Originário do oriente, o cártamo se adapta com facilidade a diversos climas. A planta é um parente distante do famoso girassol e suas sementes podem ser tão benéficas quanto.

Embora não seja muito famoso, o óleo é conhecido por quem gosta da medicina popular.

O óleo de cártamo tem propriedades medicinais que podem ajudar tanto para fins estéticos, quanto na saúde.

Além disso, seu uso tem se tornado cada vez mais popular para quem busca receitas saudáveis.

Na culinária, ele é a opção favorita de quem procura um sabor neutro, que não interfira nas receitas. Além de ser uma boa opção por tolerar aquecimento em altas temperaturas.

Por isso, a produção do óleo de cártamo cresce cada vez mais em todo o mundo.

Para que serve óleo de cártamo

O óleo de cártamo é muito útil para diversas finalidades. Ele possui alto valor nutricional, além de ser rico nos Ômegas 3 e 6.

Esse produto natural tem propriedades antioxidantes e vitaminas E, K e A. Por isso, também tem ação antiinflamatória e circulatória.

Benefícios do óleo de cártamo

O óleo de cártamo é rico em compostos necessários para o corpo humano. Suas propriedades medicinais oferecem diversos benefícios.

Então, se você quer incluir o óleo de cártamo no seu estilo de vida natural, terá as seguintes vantagens:

  • Prolongada sensação de saciedade.
  • Controla o diabetes, como aponta um estudo publicado no The American Journal of Clinical Nutrition.
  • Reduz o colesterol ruim, de acordo como mesmo estudo.
  • Diminui o risco cardíaco, por melhorar a circulação sanguínea e evitar coágulos.
  • Suaviza a pele seca ou inflamada, por causa da presença da vitamina E.
  • Protege a pele do envelhecimento, impedindo a ação de radicais livres, segundo o Indian Dermatology Journal.
  • Pode ser aquecido sem liberar radicais livres, diferentemente de outros óleos vegetais. É o que aponta o International Science and Investigation Journal.
  • Regula a pressão, por melhorar a circulação sanguínea.
  • Melhora o aspecto do cabelo, por causa das vitaminas E e A.

Óleo de cártamo emagrece: mito ou verdade?

Muitas pessoas conhecem e passam a usar o óleo de cártamo por acreditarem que ajuda no emagrecimento.

Apesar de esse não ser um benefício comprovado por meio de estudos, o óleo de cártamo tem propriedades que ajudam.

Isso porque, como tem ação antioxidante e antiinflamatória, o óleo de cártamo para barriga inchada é uma opção.

Por conter Ômega 9, esse produto diminui a produção do cortisol, principal responsável pela gordura abdominal.

Além disso, o Ômega 6 auxilia o corpo na perda de gordura. O óleo de cártamo também prolonga a sensação de saciedade, como já falamos antes.

Efeitos colaterais do óleo de cártamo

Mesmo que venha da natureza e que traga tantos benefícios para a saúde, esse óleo também tem efeitos colaterais.

O consumo excessivo do óleo de cártamo pode gerar depressão, aumento da inflamação no organismo, artrite e diminuição do colesterol.

Além disso, a combinação de ômegas 3 e 6, quando consumidos em excesso, pode causar hemorragias. Outra consequência é o afinamento e a maior demora na coagulação sanguínea.

Ainda assim, o óleo de cártamo não possui qualquer contraindicação. O ideal é que grávidas, lactantes e crianças usem apenas sob indicação médica.

Antes e depois do óleo de cártamo

Quem usa o óleo de cártamo costuma ficar satisfeito com os resultados. Não é incomum vermos youtubers e blogueiros comentando a respeito.

É o caso da blogueira Rafaela Galvão, que compartilha relatos de antes e depois do óleo de cártamo no blog.

A youtuber Bella Cacheando mostra em um vídeo o antes e depois do óleo de cártamo. Confira os resultados:

Como tomar óleo de cártamo

O óleo de cártamo pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e de suplementos alimentares com facilidade.

Ele é vendido nas formas de cápsula ou de óleo. Então, basta escolher qual é a melhor para as suas necessidades:

  • Se optar pelas cápsulas de óleo de cártamo, você deve ingerir 2 cápsulas por dia. Dê preferência para tomar meia hora antes ou depois das refeições.
  • Se quiser tomar o óleo de cártamo, você pode ingerir 2 colheres de chá por dia. Assim como acima, a preferência é para meia hora antes ou depois das refeições.

Você pode adicionar o óleo de cártamo às suas refeições ou usar para preparar alimentos refogados. Nesse caso, a quantidade diária não deve ultrapassar 1 g.

Essas informações sobre o óleo de cártamo foram úteis para você? Então compartilhe para que mais pessoas conheçam e continue aqui no Cura das Plantas para ler mais.

Já falamos tudo sobre outros óleos, como o de copaíba. Clique aqui para conhecer esse famoso produto natural e seus benefícios.

Você já conhecia o óleo de cártamo? Conta aqui nos comentários sobre sua experiência!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *