Spirulina para emagrecer e outros benefícios

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

A spirulina é um dos suplementos mais populares ao redor do mundo, mas no Brasil sua popularidade é pouco conhecida, geralmente apenas para emagrecer.

Considerada um superalimento, contém inúmeros nutrientes: Vitaminas, minerais, aminoácidos e antioxidantes. Todos benéficos para o corpo e cérebro.

Com tantas vantagens para nossa saúde, separamos as principais baseadas em evidências ou estudos científicos. A própria NASA pretende cultivar no espaço para os astronautas consumirem.

Onde encontrar a Spirulina?

Encontra-se a spirulina em pó, cápsula ou comprimido em lojas de produtos naturais ou farmácia de manipulação.

Devido ao gosto forte, muitos acham o sabor ruim e preferem consumi-la em cápsulas ou comprimido.

Onde comprar?

O preço varia da concentração, quantidade e versão. Os valores ficam entre 40-150 reais.

Spirulina para emagrecer?

No artigo da Ocean Drop fiz que ela é ideal para quem busca emagrecer. Por conta da quantidade alta de nutrientes, diminui a fome e melhora o funcionamento do corpo.

A sensação de saciedade, segundo o nutrólogo Roberto Navarro, vem da substância fenilalanina. Ela forra o estômago e diminui a fome se consumida antes do almoço ou jantar.

Um estudo(1) foi feito com 40 pacientes com pressão alta consumindo 2 gramas de spirulina por três meses. A ideia era avaliar o resultado da spirulina para perda de peso, pressão arterial e função dos vasos sanguíneos.

Após os três meses, pacientes que consumiram a spirulina tiveram uma redução significativa no IMC (índice de massa corporal), peso e pressão arterial. Outros pacientes que não consumiram a spirulina não tiveram qualquer mudança na pressão ou peso.

O estudo demonstrou que três meses de consumo diário de 2 gramas de spirulina ajuda emagrecer e reduz o IMC, além da melhora na pressão arterial e na função sanguínea.

Spirulina, um superalimento

Apesar de ser conhecida uma alga ou planta, ela é um tipo de cianobactéria que cresce na água salgada ou doce confundida como alga verde azulada.

Ela não é uma planta, porém assim como as plantas, elas produzem energia pelo mesmo processo da fotossíntese.

Tabela Nutricional (7 gramas):

  • 11% Tiamina (Vitamina B1)
  • 15% Riboflavina (Vitamina B2)
  • 4% Niacina (Vitamina B3)
  • 21% Cobre
  • 11% Ferro
  • 4 gramas de Proteína

Ainda contém magnésio, aminoácidos, potássio, manganês, ômega 3, ômega 6 e quase todos os nutrientes necessários. Talvez seja o alimento mais rico em nutritivo no mundo, por isso o apelido de Superalimento.

Os valores nutricionais podem variar de acordo com a composição e ingredientes do suplemento.

Diminui o colesterol ruim

Níveis altos de colesterol ruim (LDL) e triglicerídeos são os principais fatores de riscos de doenças cardíacas, como enfarte ou AVC.

Um grupo de 52 pessoas, sendo 32 homens e 20 mulheres, com idade entre 37-61 anos, participou de um estudo(2) ingerindo 1 grama de Spirulina por dia durante três meses.

Após os três meses, os níveis de triglicerídeos e colesterol ruim reduziram entre 10-20%.

Diabete

Em certos casos, a spirulina pode ser melhor do que alguns medicamentos para diabetes. Há várias evidências comprovando a redução nos níveis de açúcar no sangue.

Durante dois meses, 25 pessoas com diabetes tipo 2, consumiram 2 gramas de spirulina por dia. Foram avaliados os níveis de glicose no sangue e hemoglobina glicosilada.

O estudo(3) conclui uma redução impressionante desses níveis no sangue e um controle na glicose. Outros benefícios foram demonstrados, como nos níveis de colesterol e triglicerídeos.

Potente antioxidante e anti-inflamatório

A spirulina tem uma coloração levemente azulada composta pela ficocianina. Ele é um complexo conhecido pela sua ação antioxidante e anti-inflamatória.

Um alimento antioxidante é um ótimo aliado na luta contra o envelhecimento da pele. Ele impede os radicais livres, que oxidam as células, resultando em rugas e linhas de expressão.

Prevenção contra o câncer

Existem exigências que a spirulina contém propriedades capazes de prevenir o câncer e reduzir o tamanho do tumor cancerígeno. Essas evidências foram analisadas em algumas pesquisas.

Uma grama de spirulina por dia, durante um ano, conseguiu reconstruir lesões pré-cancerígenas em quase metade dos pacientes com câncer bocal.

Duas estudos diferentes comprovaram essa melhora nas lesões superior ao remédio Pentoxifilina.

Diminui a pressão alta

No início do texto mostramos os resultados da spirulina na hipertensão arterial, uma das principais causas de ataques cardíacos, doença renal e derrames.

A dosagem indicada deve ser pelo menos 2-5 gramas diárias para mostrar eficácia na redução da pressão arterial.

Ela funciona aumentando a produção de óxido nítrico, dilatando e relaxando os vasos sanguíneos.

Mesmo com esses resultados, o paciente não deve abandonar o uso de medicamentos. A quantidade de spirulina precisa ser alta para trazer um resultado significativo.

Rinite alérgica

Essa é uma vantagem muito pouco conhecida no Brasil. A rinite alérgica é caracterizada pela inflamação das vias nasais, desencadeando espirros, corrimento no nariz e congestão nasal.

Uma pesquisa(4) mostrou que cerca de 6% das pessoas com rinite alérgica usam a spirulina como tratamento natural para alívio dos sintomas na Turquia.

Ainda não estudos demonstrando como ela age ou funciona nesses casos. Na prática, ela melhora os sintomas, incluindo o corrimento, espirro, congestão nasal e desconforto (coceira ou comichão).

Anemia e Fraqueza

Há vários tipos de anemia, uma delas é causada pela diminuição de glóbulos vermelhos e hemoglobina no sangue.

Além de melhorar o sistema imunológico, a spirulina aumenta a quantidade de hemoglobina no sangue.

Outro benefício mostrou um aumento na resistência e força muscular após ingestão de spirulina. Leva muito mais tempo para pessoas sentirem fadigadas usando esse suplemento.

Como tomar a Spirulina?

A dosagem indicada para cada caso está nos parágrafos anteriores. A dosagem diária mais indicada é cerca de 1-2 gramas por dia. Ela pode ser dividida entre as refeições.

Faz mal? Efeitos colaterais

Não há riscos para saúde!

Em nenhuma pesquisa foi apresentada qualquer contraindicação ou efeito adverso, mas em casos de superdosagem podem apresentar diarreia, vômito ou náuseas.

Diferença da Chlorella e Spirulina

Ambas são consideradas um super alimento. Frequentemente confundidas entre si, por conta da coloração, benefícios e origem parecida.

A Chlorella é verde e a spirulina verde azulado. As vantagens são muito semelhantes.

A Chlorella repara os danos dos tecidos nervosos e ajuda na produção celular de forma mais rápida. Também tem alto poder detox.

A Spirulina é mais rica em proteína e gorduras saudáveis. Ela desempenha um papel maior na prevenção do câncer, combate sintomas alérgicos e estimula o sistema imunológico.

Outros benefícios são semelhantes. Fica difícil dizer qual a melhor opção, porque ambas são excelentes.

Veja o que diz o Doutor Dayan Siebra sobre o assunto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *